Entre em contato com um de nossos especialistas!

Como cuidar de gramado novo?

Ter um gramado saudável demanda adotar diversos cuidados, especialmente no período que sucede o plantio. Com os cuidados certos, o gramado novo terá plenas condições de vicejar e cumprir sua função no projeto paisagístico.

Além do mais, tratar a grama adequadamente é fator de extrema relevância para mantê-la livre de pragas. Dessa maneira, ter a espécie escolhida sempre bonita e verdejante. Para obter esse resultado, será preciso tomar precauções logo nas primeiras semanas depois de receber as mudas. Prossiga a leitura e descubra como cuidar do seu gramado após a instalação inicial!

Faça à irrigação adequada

O gramado novo precisa ser corretamente irrigado, para não sofrer estresse hídrico ocasionado por falta de água. Isso porque descuidar da irrigação do solo nos dias que sucedem o plantio tende a provocar a desidratação das mudas.

As consequências desse descuido se revelam logo, em sintomas como queda e amarelamento das folhas. Em casos mais extremos, pode ocorrer o total ressecamento das raízes, com consequente morte da espécie plantada.

Para evitar esses problemas, é fundamental fornecer a quantidade adequada de água ao gramado recém-plantado. Nas primeiras 4 semanas após o plantio, a indicação fica por conta de fazer regas diárias.

Na sequência desse período, as condições climáticas e do solo, bem como a destinação do gramado, devem guiar a frequência da rega. O ideal, para não errar quanto à irrigação do seu gramado, é buscar as orientações de uma empresa especializada em paisagismo.

Combata as pragas

O gramado recém-plantado pode ser acometido por pragas de insetos, ou dividir espaço com as temidas ervas daninhas. Outro mal a ser evitado é o ataque dos cupins, que compromete as raízes ainda tenras da grama.

Para ambas as ameaças, o melhor remédio é a prevenção, e em caso de problemas, procurar ajuda o mais rápido possível. Veja que tais pragas são comumente associadas à fase inicial de implantação do gramado, e são potencialmente destrutivas. Para erradicá-las, sem afetar a grama, é importante contar com os conhecimentos de um técnico em manejo de solo.

Proteja o gramado novo até seu completo enraizamento

De acordo com a finalidade que motivou o plantio da grama, seu uso deve ser restrito por alguns dias. Gramados que se prestarão a práticas esportivas, por exemplo, não devem ser utilizados logo em seguida ao plantio.

A lógica a seguir, nesse caso, é respeitar o tempo para a grama começar a firmar suas raízes. Esse período é de, em média, um mês após a instalação, durante os quais é aconselhável proteger o gramado. Para o completo enraizamento, o ideal é aguardar 60 dias, para só então submeter a grama a impactos.

Para ter total satisfação com o gramado novo, é preciso ter em mente que as diferentes espécies de grama são adequadas a diferentes ambientes. Assim, o sucesso do plantio começa pela escolha do tipo de grama, que deve levar em conta as condições da utilização. Isso, visto que há gramas indicadas para jardins, enquanto outras atendem melhor a chácaras e sítios, por exemplo. Para saber qual tipo se adapta à sua utilização, contar com a consultoria de profissionais especializados é medida eficiente para manter longe possíveis transtornos.

Precisando de ajuda com o gramado? Entre em contato com a AMP Engenharia, solicite mais informações e faça seu orçamento!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende