Entre em contato com um de nossos especialistas!

Como podar árvores?

Independentemente da idade da árvore, é fundamental providenciar podas regulares dos seus galhos. Essa atenção com a planta contribui para que permaneça saudável, além de favorecer o seu desenvolvimento. Isso porque a remoção dos galhos mortos, ou mesmo muito cheios, propicia a luz solar alcançar a parte mais interna da árvore. Dessa maneira, podar árvores é um jeito de estimular a produção das suas flores e frutos.

Entretanto, para obter tais benefícios, é indispensável fazer a poda na estação do ano mais indicada, e empregar a técnica certa. Outros cuidados são fundamentais, quando se trata de podar uma árvore com sucesso. Prossiga a leitura e conheça aspectos essenciais desse assunto!

Quando é necessário podar a árvore?

As podas que visam a sanidade das árvores, ou seja, a saúda dessas plantas, não tem uma única época certa para acontecer. Quando realizadas assim, para o benefício da planta, a indicação é que aconteçam entre o meio e o término do inverno.

O inverno é tido como o período ideal porque é nessa estação que ocorre menor circulação de seiva. Isso favorece a cicatrização mais rápida dos cortes, consequentemente, causa menos desgaste ao espécime podado.

Outro motivo para preferir podar árvores no inverno é o menor risco de ter os cortes infestados por pragas, como os insetos e fungos.

Quais são os tipos mais praticados de poda?

Os diferentes tipos de poda se prestam a finalidades específicas, por isso é importante ter clareza quanto ao objetivo do procedimento. Para a árvore se desenvolver mais, costuma-se tirar as pontas dos galhos.

Já para aumentar a entrada dos raios solares na parte interna do espécime, o melhor é retirar o excesso de galhos. Nos casos em que a intenção é evitar que a árvore cresça muito, a poda de formação é a ideal, pois serve à finalidade de manter a planta com a altura do tronco e a estrutura dos galhos consideradas adequadas.

Como proceder na hora de podar?

Conforme elencamos até aqui, há vários tipos de podas, que cumprem diferentes finalidades. Com isso em mente, o próximo passo é ter a clareza do porquê realizar a poda da árvore. De toda maneira, será preciso identificar e preservar os galhos que integram a parte principal da árvore.

Isso feito, a vez é de lançar foco sobre os galhos danificados, que deverão ser removidos por completo. Esse cuidado vai evitar o desperdício de seiva, e a melhor nutrição do espécime. Para garantir a circulação de ar e sol entre os galhos, é importante remover os excessos no interior da árvore.

Na hora de podar árvores, dê prioridade à retirada dos galhos que, por algum motivo, provocam incômodo. É o caso dos ramos que obstruem passagens ou significam risco à fiação, por isso demandam remoção.

Em todos os tipos de poda, o recomendado e não remover além de 25% do total de galhos da árvore. Evita-se, desse modo, uma quantidade exagerada de cortes, que exporiam a árvore a ação de fungos e insetos.

De toda maneira, podar árvores requer o acompanhamento de um técnico especializado nesse tipo de procedimento. Afinal, a poda realizada do jeito certo garante a saúde da árvore, bem como sua longevidade.

Precisando de um serviço especializado em poda de árvores? Conte com os profissionais da AMP Engenharia!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende