Entre em contato com um de nossos especialistas!

Descubra como fazer um reflorestamento corretamente

reflorestamento é um processo cada vez mais procurado, em uma sociedade que se preocupa com o meio ambiente e o legado para as próximas gerações. No caso das empresas, ele é especialmente útil, já que melhora o paisagismo e até aumenta a responsabilidade socioambiental.

Mas para alcançar todos os resultados positivos, é fundamental que tudo seja feito da maneira adequada. Com alguns passos e o apoio ideal, os impactos são muito mais positivos e eficazes.

Na sequência, veja como fazer o reflorestamento e entenda quais pontos merecem ser considerados.

Contrate uma empresa especializada no assunto

Por se tratar de um processo que exige investimento e, principalmente, cuidado com todo o ambiente, o recomendado é ter o suporte de especialistas no tema. Desse modo, inclusive, fica mais fácil acertar e garantir a máxima satisfação.

Para tanto, basta contratar uma empresa especializada no tema. Um time capacitado e que já tenha realizado a etapa outras vezes traz todas as ferramentas e os conhecimentos necessários para colocar em prática.

Não deixe de verificar as recomendações de outros contratantes e entenda se o negócio atende às suas necessidades. Assim, há grandes chances que tudo ocorra com grande qualidade.

Identifique o tipo de reflorestamento desejado

Embora todas as modalidades envolvam a plantação de novas árvores e espécies, essa é uma tarefa que pode acontecer de diferentes maneiras. No caso comercial, apenas uma espécie é plantada, já que o objetivo é utilizá-la em processos industriais. O eucalipto é um bom exemplo dessa condição.

Já o reflorestamento de preservação ou mata nativa inclui diversas espécies. Nesse caso, a análise é mais complexa e envolve identificar quais são as plantas da região, como elas interagem e quais são as necessidades. A partir disso, é possível definir os processos corretamente.

Identifique as condições adequadas do ambiente

Embora a análise seja feita pela equipe contratada, o reflorestamento exige um reconhecimento sobre as condições do local. São analisados fatores como solo, índice de iluminação, volume de chuvas, disponibilidade de nutrientes e assim por diante.

Também são verificadas as espécies nativas, como visto e, se for o caso. Essas informações permitem definir o que e como será plantado e quais são as técnicas ideais em cada caso.

Em taludes, por exemplo, a hidrossemeadura reverte a vegetação e cria condições para que o solo se torne saudável novamente. Então, tudo tem que ser considerado para chegar ao melhor resultado.

Acompanhe a performance do plantio

reflorestamento envolve, ainda, um processo de acompanhamento. Nesse período, a performance de plantio é avaliada, assim a forma como as espécies têm se desenvolvido. No tipo comercial, é comum que árvores com pouco crescimento sejam eliminadas para deixar as outras mais saudáveis.

Essa verificação de tudo o que acontece permite, até mesmo, tomar as decisões adequadas para corrigir falhas e aproveitar ao máximo o espaço. Ao final, o resultado costuma atender às expectativas, inclusive de maneira natural.

reflorestamento é essencial para cuidar melhor do ambiente e até para atender a certas necessidades. Com o apoio de uma empresa especializada, tudo é feito com segurança, eficiência e os maiores resultados.

Para conhecer melhor o assunto, veja o que é essa etapa de recuperação e por que é importante.



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende