Entre em contato com um de nossos especialistas!

O que é drenagem em construção civil e para que serve?

Para que as diversas obras de construção civil sejam adequadas, é fundamental garantir características para certos aspectos. A preparação do solo, por exemplo, tem que ser feita de acordo com algumas qualidades específicas para manter a segurança. É nesse contexto em que surge a drenagem em construção civil.

Realizada segundo as necessidades de cada ambiente, a etapa tem alguns pontos que merecem atenção. Ao conhecer o procedimento, fica mais fácil entender por que ele é tão importante para a execução de projetos.

Na sequência, veja do que se trata a drenagem em construção civil e entenda a sua aplicação.

Afinal, o que é esse procedimento?

Por definição, o ato de drenar consiste em fazer com que as águas em excesso possam escoar. No caso da construção civil, tem a ver, normalmente, com os terrenos onde as construções serão executadas.

Além disso, os sistemas servem para evitar o acúmulo de novos volumes, como por meio da chuva. Com o uso adequado, portanto, é um elemento que impede que os terrenos fiquem excessivamente molhados.

Quais são os tipos de drenagem?

Cada necessidade exige um procedimento diferente. Atualmente, são duas técnicas principais: a drenagem superficial e a profunda.

A primeira é responsável por captar e escoar as águas que estão mais visíveis. Isso é feito por meio de canais naturais ou artificiais, como valas, canaletas, escadas hidráulicas e caixas. As águas, então, são levadas para um ponto de descarte e que não afete o solo.

Já a drenagem profunda tem a ver com a retirada interna de líquidos. É o que acontece ao tirar aquele que escorreu por dentro de fissuras de estruturas, por exemplo. As soluções são mais complexas, como galerias, elementos de bombeamento e poços de alívio.

Por que a drenagem em construção civil é importante?

O direcionamento das águas pluviais tem o principal objetivo de garantir estabilidade. Um solo encharcado corre riscos maiores de sofrer processos de erosão e de perda sustentação. Especialmente em encostas, esse é um problema que compromete toda a fundação de uma obra, por exemplo.

Além disso, terrenos encharcados geram um trabalho mais difícil. Então, a drenagem na construção civil também busca meios para aumentar a produtividade e facilitar a execução de tarefas.

No caso das estruturas com fissuras, por onde a água penetrou, o processo tem caráter corretivo e ajuda a evitar o comprometimento desses elementos. Sem a drenagem, por outro lado, os riscos de desabamento são grandes.

Como vimos, a drenagem em construção civil é um processo fundamental para garantir segurança, estabilidade e proteção. O importante é que toda a rede seja construída de acordo com as necessidades específicas da situação. Ter o apoio de uma empresa especializada é crucial porque é um meio de estabelecer o fluxo adequado, segundo as expectativas.

Gostou desse artigo? Para estar sempre por dentro das novidades da engenharia civil e ambiental assine a nossa newsletter!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende