Entre em contato com um de nossos especialistas!

Qual o uso da hidrossemeadura?

Com o desenvolvimento da tecnologia, surgiram novos métodos para realizar processos considerados muito tradicionais. Plantar uma cultura, por exemplo, ganhou contornos inovadores com a hidrossemeadura.

A técnica envolve algumas práticas específicas para quem busca criar uma cobertura vegetal e ajuda na execução dessa tarefa em certos locais. Conhecê-la, portanto, é fundamental para poder aplicá-la corretamente.

Veja o que é a hidrossemeadura e explore quais são as suas principais aplicações.

Afinal, o que é essa técnica?

Por causa dos passos envolvidos, o procedimento começou a ser utilizado com frequência de modo recente. A hidrossemeadura, como o nome sugere, inclui o uso de água e outros líquidos para realizar o plantio.

O processo acontece com a ajuda de máquinas hidráulicas especiais, que fazem o espalhamento do composto. Basicamente, ocorre a pulverização de uma mistura entre sementes, fertilizante, água e um material adesivo. A aspersão só é executada com a homogeneização da solução, que é espalhada em uma área determinada.

O principal objetivo da técnica é ajudar a desenvolver a grama, além de recuperar a vegetação que é típica do local. Por causa dos aditivos, o crescimento saudável é favorecido.

Como a hidrossemeadura é utilizada?

No entanto, convém entender que o processo não é indicado para o plantio “normal”, como no caso da agricultura, que busca a maior colheita possível. Na verdade, é uma alternativa recomendada para recuperar áreas degradadas, como pontos que sofrem ou sofreram com algum nível de erosão.

As encostas são destacáveis para a aplicação da técnica porque a própria inclinação favorece a fixação das sementes. O material adesivo ajuda a formar um “filme”, o qual garante que tais elementos fiquem no local de interesse e possam se desenvolver.

Por causa das suas características, o procedimento é usado tanto em projetos de recuperação quanto em entornos específicos, como de rodovias e aeroportos. Do ponto de vista comercial, o processo também é utilizado em áreas verdes de parques, campos de golfe e outros ambientes do tipo. É, inclusive, uma solução voltada para o paisagismo.

O objetivo principal, em qualquer caso, é formar uma camada vegetal consistente e com uma bela aparência.

Quais são os seus benefícios?

Uma das maiores vantagens dessa técnica é a agilidade. Com máxima eficiência, é possível cobrir áreas amplas em pouco tempo. Isso favorece a produtividade e permite um melhor aproveitamento dos recursos. Como demanda menos tempo nessa etapa, demora menos para apresentar os primeiros resultados.

Os custos também se mostram interessantes. Desde que o local seja preparado corretamente, o valor por metro quadrado pode ser até mais em conta que algumas aplicações de grama ou de plantio tradicional.

Quando é utilizada para a recuperação de encostas, a hidrossemeadura evita processos erosivos, melhora a estabilidade do solo e garante resultados adequados.

Como vimos, a hidrossemeadura é uma técnica importante para a recuperação de encostas e, também, para aplicações de cunho estético. Com muita tecnologia e bons resultados, é repleta de vantagens — desde que seja executada por quem entende do assunto.

Gostou do artigo? Conheça outras novidades como essa, acompanhando a nossa página no Facebook!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende