Entre em contato com um de nossos especialistas!

Como assentar grama em taludes?

Os taludes são muito comuns em áreas industriais, que trazem construções inclinadas ou terrenos acidentados. Eles precisam do cuidado certo para que se mantenham no lugar, e uma das possibilidades mais empregadas é assentar grama nessas áreas.

Para obter todos os benefícios desse processo, entretanto, é crucial entender como desviar dos erros que poderiam ser cometidos. Agindo dessa forma precavida, o ambiente alcançará o resultado desejado e você conquistará maior nível de segurança.

Na sequência, veja como assentar grama nos taludes e tire suas dúvidas a respeito do tema!

Escolha o tipo certo de grama para a tarefa

Cada tipo de grama é mais indicado para uma aplicação em especial. No caso dos taludes, a espécie precisa ter condições específicas para suportar a tensão, absorver melhor a água e manter a estrutura. Então, a seleção deve ser feita com muito cuidado.

Normalmente, a grama esmeralda (Zoysia Japônica) e a do tipo batatais (Paspalum Nottatum) são muito recomendadas. Elas funcionam bem para as áreas com incidência solar direta e constante. De alta resistência, oferecem as características necessárias para a aplicação que se pretende. Antes de optar logo por alguma daquelas gramas, avalie se o terreno tem alguma qualidade que ofereça dificuldade no plantio.

Tenha cuidado com o manuseio do produto

Para assentar grama e chegar a uma boa cobertura, é indispensável que o manuseio seja feito com toda a atenção. O ideal é que, após serem descarregados, as placas ou tapetes já sejam posicionados no talude.

Isso é importante para evitar prejuízos à estrutura, o que poderia afetar de forma muito negativa o enraizamento. Além disso, é essencial cumprir uma boa irrigação, sem falar que vale deixar um pequeno espaço entre as estruturas. Com a reprodução natural das gramíneas, haverá um melhor aproveitamento.

Use estacas para assentar grama

Por causa do posicionamento inclinado, é natural que a grama não se fixe automaticamente no talude. A fim de contornar o problema, o ideal é utilizar estacas, com cerca de 20 a 30 centímetros de comprimento.

Elas servem para assentar a grama ao solo e fazer com que as plantas consigam se “firmar” corretamente. Quando criam raízes, a estaca deixa de ser necessária; e o processo acontece da maneira natural, conforme o esperado.

Só fique atento às necessidades de rega, poda e, ocasionalmente, de adubação para melhorar o crescimento. Esse acompanhamento permite identificar necessidades e mantê-la sempre verde e saudável.

Contrate uma empresa especializada na tarefa

Para assentar grama em talude com os melhores resultados o ideal é ter o apoio de um empreendimento especializado no assunto. Com o suporte de uma equipe técnica e totalmente capacitada, você conseguirá avaliar de forma adequada o que fazer e contará com as mais adequadas intervenções.

Da seleção do tipo de grama aos cuidados necessários com o assentamento, o processo se torna bem mais simples e praticamente à prova de erros. Encontre uma boa empresa de paisagismo, realize um orçamento e aproveite os resultados positivos que essa decisão lhe trará.

Assentar grama em talude poderá impedir erosões e desmoronamentos. Mas para que ela tenha alta eficiência, trata-se de uma tarefa que deve ser executada da maneira apropriada, com o manuseio correto e colocação das placas.

Gostou do artigo? Para ficar sempre por dentro das novidades e ter várias outras dicas, curta a nossa página no Facebook!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende