Entre em contato com um de nossos especialistas!

Como ter um jardim vertical em uma empresa

A popularidade dos jardins verticais tem aumentado bastante nos últimos anos, e os escritórios não estão fora dessa tendência! Há muito se sabe que os ambientes de trabalho se tornam mais agradáveis e saudáveis quando as plantas estão presentes nesses espaços.

Além de diminuir a ocorrência de doenças e faltas entre os funcionários, os jardins trazem aumento na produtividade e melhores resultados para a empresa. Várias companhias de grande porte, como Google e Microsoft, têm implementado jardins verticais em alguns de seus escritórios.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira as dicas abaixo sobre como ter um jardim vertical na sua empresa!

Garanta mais conforto para os clientes com um jardim vertical na recepção

Sendo uma espécie de cartão de visitas da empresa, a recepção é um excelente lugar para incluir um pouco de verde. As plantas podem passar tranquilidade, além de contribuir com a limpeza do ar, dando mais conforto aos clientes que aguardam atendimento.

Para completar a decoração do local, você pode adicionar alguns elementos coloridos e com alguma textura. Isso deixará o ambiente mais alegre e receptivo. Não se esqueça de investir também em uma boa iluminação!

Escolha as plantas corretas para as áreas de pouca incidência de luz

Se você decidir montar o jardim vertical em alguma área interna, como uma sala de reuniões, escolha plantas que lidam melhor com a sombra. Espécies como cactos e suculentas são ideais e de fácil manutenção, já que não precisam de irrigação com tanta frequência.

Outras espécies de plantas que não precisam de muita luz são:

  • bromélia (Guzmania sp);
  • chifre-de-veado (Platycerium bifurcatum);
  • flor-de-maio (Schlumbergera truncata);
  • ripsális (Rhipsalis bacífera).
  • samambaia (Nephrolepis exaltata).

É importante considerar que as raízes precisam de espaço para se desenvolver. O suporte, por sua vez, deve ser capaz de aguentar o peso total contando também com a terra úmida.

Escolha plantas que não costumam perder suas folhas com a mudança de estações para que o arranjo fique vistoso o ano todo. Tome cuidado também com o aroma: evite ervas com cheiro forte.

Separe um tempinho para montar seu jardim com atenção

Existe uma série de cuidados a serem tomados com a montagem e manutenção de jardim de empresas. Quando feitos sem muito capricho, podem trazer mau cheiro, devido ao apodrecimento das plantas. Ou até mesmo danos estruturais causados pelo uso de suporte inadequados.

No caso de jardins verticais extensos e em locais de difícil acesso como muros altos, é recomendado contratar um profissional de paisagismo. O especialista conhecerá os materiais adequados e os melhores tipos de planta para esse caso.

Para designs mais singelos, é possível adquirir estruturas já prontas e de montagem fácil. Na hora de fixar, use cordas (no caso de jardins suspensos) ou painéis de madeira.

Com instalações e manutenções relativamente simples, o jardim vertical é uma excelente opção de decoração de ambiente. Bonito, econômico e adaptável a qualquer local, ele torna o espaço empresarial mais leve, além de conferir uma imagem positiva e humanizada à organização.

Gostou das dicas? Fique por dentro também de 5 plantas perfeitas para ambientes internos da sua empresa para complementar a decoração do seu escritório!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende