Entre em contato com um de nossos especialistas!

4 cuidados essenciais para evitar pragas em sua grama

manutenção de grama é tão importante quanto sua instalação correta. Afinal, a ocorrência de pragas prejudica a aparência do gramado e pode até comprometer todo o investimento realizado nesse cuidado. Saber como prevenir esses problemas na grama, portanto, é a melhor saída.

Inclusive, é uma forma de diminuir os custos, pois a correção costuma sair mais cara. A boa notícia é que alguns cuidados simples já servem para afastar insetos e outros elementos que prejudicam o visual.

Conquiste um visual bonito por muito mais tempo, sem gastar muito! Confira 4 ações indispensáveis em relação à grama para evitar o surgimento de pragas.

1. Cuide da fertilização e da nutrição do gramado

Para combater as pragas que a acometem, as gramíneas precisam ser fortalecidas, o que exige a nutrição adequada. Se elas não tiverem os nutrientes necessários, por outro lado, ficam fracas e mais suscetíveis à ação de insetos.

Por isso, é indispensável fazer a fertilização antes do plantio e depois dele, de maneira periódica. O objetivo é fortalecer as estruturas e garantir que elas possam atuar contra potenciais ataques.

2. Tenha cuidado com o nível de irrigação da grama

A irrigação também faz parte da manutenção de grama, já que as estruturas precisam do líquido para se desenvolverem. No entanto, o excesso de água aumenta o nível de umidade e cria um ambiente propício para diversas pragas.

O ideal é manter o nível de umidade da grama corretamente, pois isso evita tanto o ressecamento e a falta de seiva quanto o acúmulo indesejado de água. Então, será necessário considerar a exposição solar, a temperatura, a época do ano, o tipo de absorção das folhas, a umidade local e assim por diante. 

Somente dessa forma é possível encontrar o nível adequado.

3. Faça o corte de forma correta na manutenção de grama

Outro cuidado importante envolve o corte da grama. Para o gramado ficar bonito, as folhas não podem ficar muito longas, até porque se trata de algo que afeta o desenvolvimento geral. 

Porém, cortes além do limite retiram reservas nutricionais e expõem às estruturas às pragas.

Por isso, o melhor é fazer um corte de acordo com a indicação de tamanho para cada espécie. O processo deve ser preciso e evitar qualquer impacto negativo.

4. Conte com a ajuda de uma empresa especializada

Tanto na instalação quanto na manutenção de grama, o ideal é ter o apoio de quem mais entende do tema. Com uma empresa especializada, é possível ter um gramado verde, bonito e sempre saudável.

Primeiramente, essa contratação permite escolher o tipo de grama que é adequado para cada ambiente, dadas as condições. Além disso, é uma forma de conhecer quais são as recomendações de manejo desde o começo.

Não menos importante, a empresa realizará processos de cuidado dentro das necessidades específicas, como fertilização ou poda. Como consequência, os riscos de surgirem pragas são menores.

manutenção de grama é essencial para evitar o surgimento de pragas que podem acabar com o visual do gramado. Com essas dicas e o apoio especializado, você terá uma grama forte e saudável.

Se quiser ter ajuda extra para prevenir esses quadros, veja quais são os tipos mais indicados entre as gramas resistentes!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende