Entre em contato com um de nossos especialistas!

5 tipos de grama ideais para jardins domésticos

Os jardins domésticos ficam ainda mais interessantes com os diversos tipos de grama. Essa cobertura verde serve para deixar o visual mais bonito e também protege o solo de forma completa. 

Considerando-se fatores como temperatura da região, umidade, incidência solar e até o uso (com pisoteio ou sem), é possível selecionar a opção ideal para a destinação que deseja.

Que tal ficar por dentro dos tipos de grama que são especialmente recomendados para jardins domésticos? Descubra 5 propostas a seguir!

1. A grama esmeralda é resistente e versátil

A grama esmeralda é uma boa alternativa para casas em que o jardim costuma ser usado com intensidade. Ela é resistente ao pisoteio, então suporta bem a presença de animais de estimação, por exemplo.

Também é muito recomendada para criar uma área de diversão infantil ou mesmo um campo de futebol em casa. Além de tudo, se acostuma à meia-sombra, mas pode afetar as raízes de outras plantas no entorno.

2. A grama Santo Agostinho se dá bem em ambientes litorâneos

Quem mora perto da praia deve escolher a grama Santo Agostinho. Ela é indicada para jardins domésticos porque tem boa resistência ao solo com minerais e é bastante resistente. Isso leva a menos preocupações com pragas ou ervas-daninhas, por exemplo.

Essa opção gosta mais do sol pleno, mas se adapta bem à meia-sombra. Seu crescimento não ocorre muito em altura e ela se propaga facilmente em áreas estendidas. Como consequência, é bem eficiente e barata.

3. A versão São Carlos está entre os tipos de grama mais eficazes

Já a grama São Carlos é recomendada para jardins domésticos em ambientes frios e/ou na sombra. Ao contrário de outras propostas, ela não se ressente do frio.

Mais uma característica importante: é de fácil manutenção. Com isso, não exige podas frequentes, o que facilita os cuidados gerais. Também é conveniente para cobrir áreas maiores, graças ao seu custo-benefício.

4. A grama bermuda é ideal para os jardins domésticos com pleno sol

A grama bermuda apresenta folhas finas e tem um crescimento acelerado. É perfeita para jardins residenciais que desejam uma cobertura que seja densa e resistente ao pisoteio.

O mais indicado é que ela seja plantada a pleno sol, quando se desenvolve ao máximo. A única observação é quanto à manutenção, pois seu crescimento exige podas que devem ser um pouco mais frequentes.

5. A grama batatais cresce com rapidez

Por falar em tipos de grama com folhas finas, a versão batatais é exatamente assim. Ela é longa e apresenta um visual um tanto selvagem. É bem fácil de ser cultivada e não exige solos muito ricos em nutrientes, o que permite economizar com a fertilização.

Como ela cresce com bastante intensidade, o melhor é destiná-la a canteiros específicos, com áreas menores.

Quando o foco está nos jardins domésticos, alguns tipos de grama se mostram mais relevantes. Com a escolha adequada, de acordo com as condições, é possível ter um visual bem bonito. 

Além de tudo, é essencial contratar uma empresa especializada para obter os melhores resultados.

Para ter muitas outras dicas para os seus projetos, curta a nossa página no Facebook e nos siga no Instagram!



  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende